Litoral FM Coruripe
.
Renan Filho confirma antecipação do 13º salário e sanção de lei sobre vaquejada
24/11/2016

O governador Renan Filho (PMDB) confirmou, em solenidade de lançamento do edital do Hospital da Mulher, que vai antecipar o 13º dos servidores públicos alagoanos e sancionar a lei que torna a vaquejada um patrimônio de Alagoas. Ele garantiu apoio ao bloco Pinto da Madrugada, que havia cancelado o desfile do ano que vem.

Sobre o 13º, o governador destacou que ainda vai anunciar a data de pagamento. "O Brasil vive um momento de dificuldade, mas, além de pagar o 13º, em Alagoas vamos adiantar alguns dias para garantir ao comércio um maior faturamento e o aquecimento da atividade econômica. Nos próximos dias vou anunciar a data exata".

Já sobre a vaquejada, ele disse que sancionará o projeto de lei aprovado pela Assembleia Legislativa na tarde de quarta-feira (23) e que garante a esse tipo de evento o status de manifestação da cultura estadual. "Vou sancionar a lei porque a vaquejada é uma prática cultural e histórica. Já me posicionei publicamente defendendo isso", expôs.

Com relação do Pinto da Madrugada, Renan Filho disse que apoiaria financeiramente o desfile, já que ele "dialoga com a identidade alagoana". O gestor do Executivo estadual não adiantou, porém, quanto seria destinado para as prévias carnavalescas em Maceió.

"Vou convidá-los aqui para uma reunião e, se depender do governo, vamos todos brincar juntos no carnaval. O Pinto é uma das nossas referências e espero que apareçam outros parceiros. Os valores ainda vamos discutir. Tem um monte de coisa para fazer e temos que buscar sempre uma lógica de que tudo é importante, mas que o governo tem que pagar servidores, fornecedores e fazer investimentos".

Durante a solenidade, o governador também prometeu novos concursos para 2017, em especial para as áreas de Segurança e Educação e para o Corpo de Bombeiros e a Secretaria da Fazenda e ainda ressaltou que as negociações para a venda do Produban estão avançadas. 

"Espero que nos próximos dias tenhamos uma conclusão. A Caixa fez uma proposta e estamos negociando acompanhados pelo Banco Central e pelo Tesouro Nacional. Algumas questões são confidenciais porque estão em negociação, então não tenho como adiantar um valo, mas espero que seja considerável para garantir a Alagoas os investimentos que o Estado precisa", disse.

Na manhã desta quinta, Renan Filho lançou o edital para a construção do Hospital da Mulher. A unidade hospitalar terá um custo de R$ 90 milhões e ficará instalada no bairro Tabuleiro dos Martins, possibilitando o incremento de mais 180 leitos para pacientes do SUS que residem na capital e nas regiões Norte e da Zona da Mata.

Os recursos para a construção são provenientes de emendas parlamentares da bancada federal e do Fundo de Combate e Erradicação da Pobreza (Fecoep). A previsão é que a ordem de serviço seja assinada entre os meses de janeiro e fevereiro e o hospital fique pronto em 18 meses.

"Será uma grande melhoria. Estamos ampliando em 50% os leitos públicos, o que significa dizer que vai ter mais gente trabalhando, mas leito disponível para atender as pessoas. Esse investimento é o maior em saúde da história em Alagoas e vai atender a todos, vai internar homens, crianças, mas cuidando especialmente da mulher".

Segundo o governador, a unidade hospitalar será mantida com recursos do próprio Sistema Único de Saúde. "O Estado vai manter com recursos do SUS. Vamos ampliar o teto e aproveitar a força da nossa bancada federal em Brasília. Já conversei com o ministro Ricardo Barros sobre isso", apontou.

 A expectativa é que sejam realizados 17 mil exames mensais no local, além de dez mil consultas e 1,2 mil internações.

Fonte: Gazetaweb.com
LITORAL RÁDIO NEWS
08:00 as 09:00
Peça a sua música!
Envie seu Pedido Musical preenchendo todos os dados abaixo:
Atendimento
Rua Vereador Edgar Cassiano Dos Santos - 47 - Coruripe/AL
Ligue agora
(82) 3273-2040
Horário de atendimento
08h ás 17h